Projeto Mozão 2018

Foi dada a largada para aquelas afirmações de que o ano todo passou e não se encontrou o famigerado amor. Ora, você quer me dizer que o ano todo você viveu em prol de encontrar alguém? E que tal parar e observar o quanto de você pode ser encontrado ao longo do caminho, são 12 … Continue lendo Projeto Mozão 2018

Anúncios

Qual o seu Faz de Conta?!

  Há um tempo passei a colecionar Faz de conta. E percebo que não é apenas um privilégio meu. O cotidiano traz uma série de diálogos dos quais sequer temos algum controle, ou vocês acreditam que esse nervosismo preconizado por duas setinhas azuis em um aplicativo não deixa explicita a nossa necessidade por controle?! O … Continue lendo Qual o seu Faz de Conta?!

30 segundos para conjugar o verbo amar

“Entre as diversas formas de mendicância, a mais humilhante é a do amor implorado.” CDA E assim poderia começar mais um daqueles textos em que a mocinha diz não querer mais amar a vida inteira, como se o fato dela ter corrido atrás de certo rapaz representasse, de fato, amor.  A aventura é justamente essa, … Continue lendo 30 segundos para conjugar o verbo amar

Tudo bem não estar bem, amiga.

Tenho dito muito sobre a arte de silenciar. É! parece confuso. Precisamos guardar todas as nossas metas, fingir que não estamos lutando, parecermos sempre felizes e compartilhar apenas histórias agradáveis; apenas pelo fato de ninguém, ou quase ninguém, estar disposto a realmente escutar a resposta da pergunta “Tudo bem?” Certo dia brinquei com uma amiga … Continue lendo Tudo bem não estar bem, amiga.

Signos e a anulação de quem somos

Todos os dias é possível notar o quanto as pessoas estão a procurar um sentido para o que são. Recentemente, este desejo encontrou uma fórmula mágica; onde tudo passou a ser relacionado ao momento do nascimento e ao posicionamento dos astros, por assim dizer. E então, tudo faz sentido? Quando estamos lá olhando o famigerado … Continue lendo Signos e a anulação de quem somos

Comunicação e seus recortes

Constantemente tenho lido sobre como estamos assassinando a língua portuguesa, diariamente leio posicionamentos mais que preconceituosos acerca das pessoas que se utilizam de expressões populares. Dada a região que resido, nordeste brasileiro, e, contrastando com a baixa escolaridade- sabida por meio de estatísticas-, nenhuma novidade até aqui. O que tem crescido é justamente os detentores … Continue lendo Comunicação e seus recortes

Com quem será?

Hoje, dez de maio, é meu aniversário. Tenho mesmo a obrigação de sorrir? Não, eu não quero a facilidade do momento, quero a intensidade do saber-se. Como acordar e aos primeiros passos notar que a cama já não te conhece, ao tomar banho mais um pedaço de vida se lavou, mais uns fios de cabelo … Continue lendo Com quem será?